Como é que os casinos atraem os grandes apostadores?

Os grandes apostadores são jogadores de casino com bolsos generosos que se dedicam a efetuar grandes apostas. Não encontrará grandes apostadores de casino nas slots ou nas mesas de apostas baixas. Estes grandes gastadores podem despender milhares e milhares de dólares numa noite apenas. Porque é que gastam tanto? Todos têm os seus motivos mas para além de quererem ganhar em grande, estes jogadores ainda recebem um tratamento privilegiado por parte dos casinos onde jogam, incluindo grandes compensações e sumptuosas recompensas.

E são estes incríveis benefícios que fazem com que os grandes apostadores voltem sempre. No final de contas, quem não gosta de ser tratado como um rei?

Regalias e bónus especialmente reservados aos grandes apostadores

Que género de compensação podem os grandes apostadores esperar receber? Depende do casino. Cada estabelecimento que possui um clube de grandes apostadores oferece um tipo específico de recompensas (semelhante aos clubes de casinos online). Por exemplo, os grandes apostadores no Casino Foxwoods Resort podem desfrutar de uma grande variedade de divertimentos e serviços adicionais. Este resort situado em Mashantucket no Connecticut é sobretudo conhecido pelos seus luxuosos Lanes and Lounge para os grandes apostadores que incluem 6 pistas VIP de bowling com comida à descrição e serviço de bebidas.

Dito isto, as compensações mais comuns em casinos mais conhecidos incluem quartos com desconto ou grátis, bebidas e comida adicionais, e uma experiência de serviço geral 5 estrelas. Entre as mais generosas recompensas oferecidas a grandes apostadores estão o serviço de quarto com chefe famoso, refeições gourmet, lugares de primeira fila nos melhores espetáculos, limusines, voos charter e suites de luxo.

O Casino Foxwoods Resort oferece uma sala de bowling exclusiva aos seus grandes apostadores.

O Casino Foxwoods Resort oferece uma sala de bowling exclusiva aos seus grandes apostadores.

Uma conveniente linha de crédito

Outra prática comum utilizada pelos casinos para atrair os seus jogadores que mais gastam é a oferta de crédito. Um jogador pode ter um milhão de dólares para jogar mas pode não querer ter essa quantia no bolso. Como diz Dennis Gomes, um consultor de casino com 40 anos de experiência de jogo incluindo a operacionalização de casinos em Las Vegas e Atlantic City, “Se tem mesas, então o melhor é estar preparado para autorizar crédito imediato ou então ninguém que tenha uma carteira recheada vai querer ir ao seu casino.” Acrescentando ainda que “os grandes apostadores não gostam de andar de um lado para o outro com um milhão de dólares.”

Apesar da grande maioria dos jogadores não apostar milhões, o facto dos grandes apostadores poderem despejar milhares de dólares em dinheiro no casino no decorrer da sua permanência, é a razão pela qual quase todos os casinos que têm mesas de jogo oferecem crédito. A ideia é de que quanto mais rico for um jogador, mais elevado é o seu limite.

A quantidade de crédito oferecido pelos casinos varia e depende da vontade dos casinos em manterem os seus grandes apostadores.

Créditos elevados podem significar acumulação de dívidas de casino por parte dos grandes apostadores

Quando os casinos temem perder os jogadores que mais gastam, tendem a oferecer-lhes mais crédito, dando aos seus grandes apostadores mais dinheiro. Por exemplo, durante a recessão, a quantidade de crédito oferecido aos grandes apostadores em Las Vegas foi elevada. Temendo perder os seus jogadores mais ricos, os casinos de Las Vegas continuaram a dar dinheiro aos seus grandes apostadores. Isto conduziu a uma situação de milhões de dólares de dívidas dos jogadores face aos casinos.

No sentido de cobrir estas dívidas, os casinos reservaram centenas de milhões de dólares em prestações. Em 2012, o Casino Sands em Vegas, alegadamente reservou $492 milhões para dívidas duvidosas que poderiam correr mal. Entretanto, para cobrir as suas dívidas, a Caesar’s Entertainment Corp. concedeu mais de $200 milhões e a Wynn e MGM Resorts atingiram os $100 milhões. Basicamente, as dívidas foram erradicadas.

O Sands Casino Resort em Las Vegas, alegadamente ofereceu cerca de 492 milhões de dólares de provisões para os seus grandes apostadores em 2012.

O Sands Casino Resort em Las Vegas, alegadamente ofereceu cerca de 492 milhões de dólares de provisões para os seus grandes apostadores em 2012.

O que acontece aos grandes apostadores que têm dívidas?

Há muita tradição de jogadores ricos que entram nos casinos e perdem milhões nas mesas. Um exemplo bem célebre envolveu um jogador japonês, Akio Kashiwagi, que ficou conhecido como o “guerreiro do bacará” porque apostava acima dos $200,000 por cada mão. Em 1990 jogou uma única e lendária sessão de bacará na Trump Plaza em Atlantic City durante seis dias e perdeu $10 milhões. Dois anos mais tarde, Kashiwagi foi encontrado morto na sua casa perto do Monte Fuji deixando dívidas de jogo em vários casinos que totalizavam os $9 milhões.

Tradições à parte, quando falamos de grandes apostadores com dívidas, em alguns casos, como no acima mencionado do Casino Sands e outros operadores de casino, são erradicados. Contudo, na grande maioria dos casos, os grandes apostadores que devem dinheiro aos casinos, trabalham no sentido de liquidar as suas dívidas. Na verdade, a maior parte dos casinos que oferecem crédito têm grandes apostadores em dívida para com eles, provando que a oferta de crédito não implica apenas vantagens para os jogadores mas também para os casinos.

Os grandes gastadores também podem ter um mau comportamento

A maior parte das pessoas está feliz quando está a ganhar, mas nem toda a gente sabe perder. Outro facto interessante acerca dos grandes apostadores é que quando estão a perder podem ser bastante desagradáveis para com o pessoal do casino. Num artigo escrito por Eli Segall do Las Vegas Sun, é efetuada uma análise acerca das experiências de um anfitrião anónimo de casino em Vegas com os grandes apostadores que perdem.

O anfitrião de casino afirmou ter visto jogadores que perdem a atirar cartas, cigarros, fumo à cara e trocos aos dealers. O anfitrião também já viu pessoas a atirar cadeiras, a agredir pessoas, a tentar virar mesas e até a lutar com seguranças. Um cliente até ameaçou matar o anfitrião.

O anfitrião de casino declarou a Segall que se passa de uma situação em que a pessoa está a sorrir e a rir e a dar gorjetas ao dealer porque está a ganhar, para uma situação em que se “se perde uma mão e de repente ficam em baixo. Agora batem na mesa. Uma carta pode alterar completamente a postura de uma pessoa.”

Os casinos investigam os seus grandes apostadores

Os casinos que recebem grandes apostadores fazem os seus trabalhos de casa sobre os gastadores que recebem. O facto de um cliente abrir uma grande linha de crédito não significa que seja um grande apostador genuíno. Alguns clientes apenas o fazem para aparentarem ser um grande apostador e conseguirem grandes privilégios, mas na verdade não apostam em grande. Os casinos estão muito atentos porque querem ter a certeza de que oferecem as recompensas aos jogadores que despendem tempo a jogar.

ACERCA DO AUTOR

Eu sou uma nostálgica que adora relembrar bons momentos do passado, tais como as minhas visitas a casinos. Os jogos, o ambiente glamoroso e a possibilidade de ficar rico ao acaso simplesmente me fascinam. Quando eu descobri os casinos online, tive a certeza de que iria trabalhar nessa área e cá estou. Espero que os meus conhecimentos sobre casinos, slots, blackjack e tudo o mais façam dos seus dias mais pró$$$peros e divertidos.

Deixe uma resposta

X